sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Tempestade de raios danifica equipamentos da Corsan, em Vacaria

Abastecimento de água está comprometido em alguns bairros


Fonte: Pioneiro - Caxias do Sul
Uma tempestade de raios danificou equipamentos de captação de água da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) de Vacaria, comprometendo parte do abastecimento da cidade.

Segundo técnicos da Corsan, por causa da chuva da madrugada, equipamentos eletrônicos do primeiro recalque, no Graneleiro, onde a água é coletada para ser encaminhada à estação de tratamento apresentaram falhas no começo da manhã desta segunda.

Profissionais da Corsan e da RGE trabalham no reparo, que deve ser finalizado até o meio-dia. Algumas áreas mais altas da cidade, como o bairro Glória e o Centro, há registros de falta de água. O abastecimento deve ser normalizado até o começo da tarde.

domingo, 19 de dezembro de 2010

‘Foi um milagre de Deus’, diz mulher atingida por raio no RJ


Ela sofreu queimaduras no braço e problemas de audição.
Segundo a família, ela vai continuar internada nesta quarta-feira.


Fonte: G1-RJ


“Foi um milagre de Deus.” A frase é da dona de casa Claudete da Silva, de 39 anos, atingida por um raio em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio, usa para resumir o susto que passou. Ela saía de um posto de saúde no bairro, quando ouviu o estrondo e colocou a mão sobre o rosto para se proteger do clarão.
“Só deu tempo de eu me abaixar e sair correndo. Ele (o raio) bateu no chão e quebrou uma pedra. Mais um pouquinho e eu estaria morta”, lembra ela. Além de queimaduras, sobretudo no braço, Claudete teve a audição prejudicada. Ela segue internada no hospital Rocha Faria, em Campo Grande, também na Zona Oeste.
“Eles pediram que ela ficasse mais tempo internada. A corrente elétrica pode ficar no corpo da minha mãe por até 48h, segundo os médicos”, conta Cíntia, filha de Claudete, que suspira aliviada ao lembrar que seu filho, por pouco não estava no mesmo local: “Ele ia estar junto com ela. Se tivesse que acontecer, ia ser com os dois”.

sábado, 11 de dezembro de 2010

Raio fere criança



  A queda de um raio num poste eléctrico nas Caldas da Rainha terá causado uma descarga que atingiu um menino de nove anos que estava a ver televisão em casa e que ficou com uma marca no ombro direito. Por sentir algumas dores foi observado por uma equipa médica.



Por:Francisco Gomes desde Portugal

 "Veio um trovão, só vi um clarão branco e a luz apagou-se toda, fiquei quieto e de repente começou-me a doer o braço", contou Miguel Diogo, acompanhado dos pais, na altura em que iam transportá-lo ao hospital, por precaução.
O raio caiu cerca das dez e meia da manhã de ontem na Rua Maximino Alves, na localidade de Lagoa Parceira, fazendo separar fios eléctricos, que caíram em cima de uma casa desabitada e de figueiras, deixando a povoação sem energia.
O impacto teria repercussões em cerca de dezena e meia de casas, que ficaram com quadros eléctricos destruídos e tomadas partidas. Uma das habitações ficou com um buraco na fachada e noutras saltaram calhas dos aquecimentos e rebentaram pedaços dos tectos. Desconhece-se se haveria equipamentos danificados, por não haver luz. O serviço municipal de Protecção Civil registou as ocorrências.
"Apanhei um grande susto e fiquei sem fala", relatou Horácio Marques, cuja habitação sofreu alguns prejuízos.
Alice Jesus descreveu que "veio um trovão e foi um estoiro, a minha casa abanou toda e pensava que ia desabar". "Foi um estalo tal que tenho a sensação de que a casa tremeu toda", contou Ana Batista.
Segundo os moradores, foi a terceira vez que se verificou a queda de fios eléctricos. "Já são velhos e a EDP vem cá fazer remendos. Por enquanto têm caído em cima das casas, amanhã pode passar uma pessoa e ser atingida", lamentou Pedro Silva.

Raio atinge casa no norte do Estado

Um menino de 12 anos ficou ferido

Fonte: Diana Rocha - Zero Hora
Um raio atingiu uma casa na tarde deste sábado, em Paulo Bento, no norte do Estado. Um menino de 12 anos ficou ferido. A descarga elétrica aconteceu por volta das 12h e foi tão forte que explodiu o medidor de energia e abriu um buraco por onde passavam os cabos subterrâneos que levam a eletricidade até a residência. 
Duas crianças estavam na residência da aposentada Maria Ruth Barbosa Cruz no momento. Um deles, Pablo Ponsoni, falava ao telefone fixo quando foi atingido pela descarga elétrica. Ele acabou caindo no chão e batendo a cabeça, o que ocasionou um ferimento leve. O menino já foi medicado e passa bem. 

sábado, 4 de dezembro de 2010

Raio causa curto-circuito e provoca incêndio em Araquari

Casa de madeira localizada na região da Barra do Itapocu foi destruída pelo fogo

Fonte: Diário de Sta Catarina


A queda de um raio provocou um incêndio que destruiu uma casa em Araquari. O incêndio começou por volta das 11 horas desta quinta-feira, depois que um raio causou um curto-circuito na casa de madeira, na rua Maringá, na região da Barra do Itapocu.

Os bombeiros de Araquari foram acionados e receberam o apoio do caminhão da guarnição dos bombeiros de Barra do Sul. Ninguém ficou ferido

Raio interrompe circulação do Metrô

Fonte: Portal Terra

Às 15h56, um raio atingiu a rede de alimentação elétrica de uma das vias da Linha 5-Lilás (Capão Redondo-Largo Treze) do Metrô. Após a ocorrência, a circulação de trens teve que ser realizada por uma única via, nos dois sentidos, em toda a linha. Às 18h47, a circulação foi totalmente interrompida para o restabelecimento do serviço, que não tem previsão de retorno.

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Raio mata adolescente em Itaituba

Fonte: Diário do Pará - 30.11.2010


Juciléia Sousa de Oliveira, de 15 anos, foi a segunda vítima fatal do fenômeno. De acordo com informes repassados por uma tia da menina, foi durante uma chuva fina que caía em Itaituba no último sábado. Juciléia teria saído ao quintal para dar atenção a uma criança quando se ouviu o barulho provocado pelas nuvens carregadas. Em seguida, completo silêncio, mas, logo depois, um relâmpago iluminou toda a área. “Era pouco depois das duas horas da tarde. Estávamos aqui, quando ela saiu de casa rapidinho. Quando vimos o clarão do relâmpago, logo percebemos o raio. Quando saímos, já encontramos Jucélia agonizando”. A jovem estudante não resistiu ao impacto provocado pela descarga elétrica e morreu minutos depois de ser atingida. 

FREQUÊNCIA

Dados do Inmet ( Instituto Nacional de Meteorologia) mostram que os raios estão atingindo com maior frequência, nos municípios do interior do Estado. Uma morte foi registrada em Banach, outra em Itaituba, duas em Santarém e duas em Parauapebas. 

Mesmo assim, o Inmet não descarta a possibilidade dos raios começarem a cair com maior intensidade na capital. Há bastante registro de trovões e raios. As pessoas precisam evitar o perigo e devem tomar alguns cuidados quando estiver chovendo muito.

COMO SE PROTEGER 

Na rua, procure abrigo em prédios que tenham para-raios ou abrigos subterrâneos, como túneis. Evite áreas abertas, como campos de futebol. Não se aproxime de cercas de arame, varais metálicos ou trilhos, assim como de torres de transmissão. Não fique embaixo de árvores. Permaneça dentro do carro ou do ônibus.

EM CASA

Afaste-se de tomadas, canos, janelas e porta metálicas. Não use equipamentos elétricos e evite ficar ao telefone convencional ou celular. (Diário do Pará, com informações de Itaituba).

Dois morrem atingidos por raios em Santa Catarina

Mortes ocorreram durante temporal que atingiu o Estado na quinta-feira 


Fonte: Do R7, com Fala Brasil


Duas pessoas morreram atingidas por raios em Santa Catarina. A chuva forte que atingiu o Estado na quinta-feira (2) destruiu casas e lavouras. Esse foi o terceiro temporal a atingir a área em duas semanas.

Na região meio-oeste do Estado, o prejuízo calculado chega a R$ 7 milhões. Em Blumenau e Itajaí foram registrados deslizamentos de terra e alagamentos.

A previsão do tempo para este fim de semana deve ser de céu encoberto e mais chuva. 

SC: operário morre atingido por raio em parque de energia

Fonte: Portal Terra - FABRÍCIO ESCANDIUZZI Direto de Florianópolis
Um operário morreu nesta quinta-feira ao ser atingido por um raio nas obras de construção de um parque de geração de energia eólica em Bom Jardim da Serra, cidade localizada a cerca de 160 km de Florianópolis. 

Segundo a Polícia Civil, Roberto Liber, 22 anos, subiu por volta das 8h em uma rocha para verificar o sinal de seu aparelho de telefone celular. Em seguida, uma descarga elétrica atingiu o local e matou o operário na hora.
O local onde está sendo montado o parque de geração de energia eólica, na região da Serra do Rio do Rastro, é um dos pontos mais elevados e com uma das maiores incidências de temporais e raios no Estado. 
O corpo de Liber foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) e deve ser encaminhado para o Paraná, onde será sepultado.

sábado, 27 de novembro de 2010

Raio danifica iluminação e voo é cancelado em Dourados

Fonte: MidiaMaxNews - MS

O avião da Trip que sairia às 5 horas da manhã de Dourados com destino final à Belo Horizonte foi cancelado por problemas no balizamento (material usado para a iluminação da pista). Segundo informou o assessor da administração do aeroporto municipal, Ian Galvão Rocha, o problema já foi sanado.

“Um raio danificou a iluminação aeroportuária. O voo das 23 horas aconteceu normalmente, quando o sistema foi ser religado para o voo das 5 horas não funcionou mais. Os técnicos já vieram e às 9 horas d amanhã de hoje o problema já estava resolvido”, explicou Rocha.

Segundo informações extra-oficiais recebidas, cerca de 40 passageiros tiveram que se deslocar à Campo Grande para conseguir viajar.

O próximo voo existente em Dourados tem horário de partida marcado para as 23 horas e, segundo a administração do aeroporto, está confirmado. Entretanto, até o momento a Companhia Trip não foi comunicada do concerto da aparelhagem.

Raio mata vereador e mais dois em Bannach

Fonte: Diário do Pará

A população do pequeno município de Bannach, sul do Pará, está em estado de comoção com a morte de três pessoas, ocorrida na noite da última quarta-feira, provocada pela queda de um raio. O acidente ocorreu na colônia Riozinho I, a 80 quilômetros da sede do município. Entre as vítimas, o vereador de Bannach, Alderi Borges de Freitas (PR), de 48 anos. Ivan Queiroz Júnior (36), cunhado do vereador Alderi, e Sinésio Pereira da Silva (38 anos), funcionário de Alderi, que também foram atingidos. Os três morreram na hora e os corpos ficaram carbonizados. Uma quarta pessoa, Wilton Pereira de Souza (32), também foi atingida pelo raio. Ele foi levado para o hospital do município e passa bem.

Segundo testemunhas, não houve tempo para socorrer as vítimas, pois foi tudo muito rápido. “Eles morreram na hora, os corpos ficaram irreconhecíveis e suas roupas também foram queimadas”, disse o parente de uma das vítimas, que preferiu não ser identificado. As vítimas estavam trabalhando na construção de uma casa, no meio da fazenda, quando foram atingidas. Chovia forte na região.

O velório aconteceu na manhã de ontem. O enterro estava marcado para o final da tarde, mas foi antecipado para as 10h devido ao estado dos corpos. A Prefeitura Municipal de Bannach decretou luto oficial por uma semana.

AS VÍTIMAS

O vereador Alderi Borges de Freitas (PR), 48 anos, era vereador já por dois mandatos. Era casado e deixou dois filhos, de 24 e 20 anos.

Ivan Queiroz Junior foi candidato a vice-prefeito nas últimas eleições. Ele era casado e tinha dois filhos, de 7 e 1 ano de idade. Sinésio Pereira da Silva era funcionário da fazenda de Ivan.

Raios causam duas mortes em Goiânia (GO) .

Fonte: OpiniãoWeb.com

Duas pessoas morreram na cidade de Goiânia após serem atingidas por raios durante a forte chuva que caiu na região, na noite de quinta-feira (13). Uma terceira ficou ferida, esteve internada no Hospital de Urgência de Goiânia, mas já foi liberada, segundo a Defesa Civil do Estado.

As vítimas foram os jovens Arli Lopes Ananias, 26, e Wagner Caetano de Almeida, 18. Eles praticavam exercícios próximos a aparelhos de ginástica de uma praça na rua Juazeiro do Norte, no Parque Amazônia, na periferia da capital goiana, por volta das 19h30.

De acordo com os bombeiros, as vítimas tiveram parada cardíaca, causada por descarga elétrica. O terceiro jovem, Daniel Rosa Rezende, 22, também foi atingido pelo raio, mas passa bem e teve alta do hospital.

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Pedreiro morre atingido por raio em Goiânia

Fonte: O Globo

GOIÂNIA - Um pedreiro de 33 anos morreu atingido por um raio na tarde desta quinta-feira em Goiânia. Marcos Antônio Gomes Sobrinho estava trabalhando no telhado de uma casa na Cidade Jardim, por volta de 16 horas, quando foi atingido pela descarga elétrica. O pedreiro foi arremessado e caiu de uma altura de três metros. De acordo com a polícia, em toda a quadra há para-raios, o que não foi suficiente para evitar a tragédia.

O coronel do Corpo de Bombeiros Múcio Ferreira acredita que os para-raios da região não evitaram a morte do pedreiro porque ele estava em um ponto mais alto do que alcançava o equipamento. O para-raios tem uma área específica de cobertura, mas independentemente disso, o raio sempre procura o lugar mais alto.

sábado, 20 de novembro de 2010

Raio mata lavrador em Campos

Do R7, com Rede Record | 19/11/2010

Homem ia amarrar o cavalo quando foi atingido

Um jovem morreu ao ser atingido por um raio na localidade de Babosa, na Baixada Campista, no norte fluminense. Na noite desta quinta-feira (18) uma tempestade atingiu a região norte do Estado, deixando vários pontos de destruição.

Em Campos, Leonardo Silva dos Santos, de 18 anos, foi fulminado por uma descarga elétrica quando foi no campo prender o cavalo da família que estava solto. Especialistas acreditam que o raio foi atraído pela marreta que ele usou para prender uma estaca no chão, onde ataria o cavalo.

Em Macaé as ruas ficaram alagadas e vários outdoors foram destruídos. O teto da concessionária da Citroen, no bairro de Novo Cavaleiros, desabou e todas as vidraças quebraram. A defesa civil isolou a área.

Raio atinge casa e torra aparelhos

Fonte: A Notícia: Joinville

Todas as tomadas também ficaram destruídas e houve princípio de incêndio

Se depender da diarista Ivonete Rodrigues e da dona da casa, Lourdes Corsani, nenhum eletrodoméstico será ligado em dia de chuva. Ontem, elas levaram um susto depois que um raio atingiu a rede elétrica e queimou todas as tomadas da casa. A TV do quarto pegou fogo. O microondas chegou a abrir a porta. Por sorte, ninguém se feriu.

O incidente aconteceu perto das 10 horas numa casa em Pirabeiraba. Ivonete estava preparando o almoço enquanto Lourdes passava roupa. “Começou a trovoada e eu perguntei se ela continuaria passando roupa. Ela disse que não”, diz a diarista. Assim que Lourdes desligou o ferro da tomada veio o estouro.

“Parecia uma bomba. Foi horrível. Não sei se vou me recuperar tão cedo”, conta Lourdes. As paredes ficaram pretas nos pontos onde havia tomadas. “Peguei uma manta para apagar o fogo”, conta Lourdes.

A fiação da residência terá de ser trocada. “Só vamos saber se os outros eletrodomésticos queimaram depois de ligarmos a energia”, lamenta Ivonete. Ainda de manhã, a Celesc esteve no local para arrumar a parte elétrica do lado de fora.

sábado, 13 de novembro de 2010

Trabalhador rural morre atingido por raio no interior de SP

Fonte: Portal Terra

Um homem que trabalhava em uma usina na cidade de Tarumã, no centro-oeste de São Paulo, morreu após ter sido atingido por um raio, durante uma forte chuva registrada na terça-feira.

De acordo com a Polícia Civil, Cícero Lourenço da Silva, 49 anos, chegou a ser socorrido, mas morreu antes de chegar ao pronto-socorro. Ele portava um facão e não se protegeu do temporal.

Raio no Clube Operário

Fonte: Jornalismo Digital - Porto União-SC.

Descarga elétrica destrói parte do prédio do Clube Operário e arremessa concreto sobre a calçada


O temporal da última quinta-feira, 4, provocou estragos em diversos aparelhos eletrodomésticos dos moradores da região. Por volta das 14h10, quem passava pela rua Dom Pedro II, no centro de União da Vitória, levou um grande susto. Um raio atingiu o Clube Operário, destruiu parte do topo do prédio e arremessou pedaços de concreto na calçada. Vários carros estavam estacionados ao lado da calçada, mas ninguém ficou ferido.

Apesar dos prédios ao lado serem mais altos e possuírem pára-raios, a descarga elétrica acertou em cheio o antigo prédio do Clube. De acordo com o Gerente do Departamento da Companhia Paranaense de Energia Elétrica (Copel) de União da Vitória, Jackson Roberto Ayres, a estrutura física do prédio pode estar condenada devido ao efeito térmico do raio. "Uma descarga atmosférica de alta intensidade pode condenar todas as armaduras, as ferragens que existem no prédio", disse Ayres.

Susto

Durante o forte temporal, Sérgio dos Santos dirigia seu carro, quando resolveu estacionar na frente do Clube Operário se deparou com o susto de outro motorista no local. "Havia tirado meu carro desse lugar minutos antes. Quando voltei, outro motorista me contou que desceu um raio no canto do Clube Operário, destruindo parte da estrutura do prédio e arremessando tijolos na calçada", relatou Santos.

Raio percorre o prédio antes da explosão

A empregada doméstica, Rute de Fátima, trabalhava na cozinha do Clube, na hora em que o raio caiu. De acordo com ela, a descarga elétrica chegou a percorrer a cozinha do Operário, que fica ao lado do prédio atingido. "Estava parada na cozinha quando vi o risco (de luz) entrar pela janela, ir até o balcão do nosso bar e voltar para cozinha. Aí ele sumiu e foi quando deu o estouro (trovoada) lá na frente", falou Fátima.

Segundo Ayres, quando um raio cai, o que as pessoas vêem primeiro é um clarão, depois vêem a descarga elétrica e depois ouvem o som do impacto. "Se ela viu primeiro o relâmpago e depois escutou o estrondo do raio, é bem factível", explicou Ayres.

Na hora do raio, Angela Kmita, que mora nos fundos do prédio, conta que todos os aparelhos da casa que estavam ligados na tomada foram queimados. "Queimou a televisão, DVD player, parabólica, antena à cabo, computador e máquina de lavar. No bar (anexo à cozinha do Clube) queimou a parabólica e o aparelhos de som", relatou Kmita.


video

sábado, 6 de novembro de 2010

Adolescente morre e idoso é atingido por raio em Itanhangá

Fonte: Nortão News

Fazendo jus ao seu nome e a fama de ser a cidade dos raios, Itanhangá chora a perda de mais um de seus moradores vítima de descarga elétrica. Um jovem de apenas 15 anos morreu na praça “Leandro Cades”, um ancião escapou por milagre após ser atingido.

Um jovem identificado apenas por L.J., 15 anos estava chegando em sua residência na zona rural de Itanhagá, quando começou a cair um temporal na região. A chuva provocou várias descargas elétricas, o famosos raios. Quando o jovem caminhava próximo a uma casa de madeira e uma cerca de arame farpado que existe ao lado da praça, quando foi atingido. O raio ainda descascou um tronco, arrancou lascas de uma prancha de madeira e jogou L.J. a três metros do local onde estava matando-o na hora.

Um ancião, conhecido como Zé do Cedro, que estava a uma distância de 20 metros da propriedade foi atingido. Só que ele teve mais sorte. Teve apenas convulsões e graças ao pronto atendimento de sua esposa, que chamou socorro foi levado para um hospital da cidade e passa bem.

Moradores do município dizem que estão com medo de morar na cidade e muitas já pensam em procurar outros locais para se estabelecerem. É que Itanhagá é conhecida com a cidade dos raios. Seu nome, na língua Tupi Guarani significa “Pedra de Fogo”, o que lembra a constância do fenomeno

Em 2006, o enteado do então vereador Zilmar de Albuquerque, Leandro Cades morreu com uma descarga elétrica enquanto jogava futebol. O lugar onde ocorreu foi criado uma praça, nomeada “Praça Leandro Cades”.

RAIO MATA HOMEM E CAVALO NO INTERIOR DE JI-PARANÁ EM RONDÔNIA

Fonte: PM/Ji-Pr - Autor e fotos: C/R - D/A



Um raio matou na tarde desta quinta-feira o sitiante Raimundo Rocha Filho (56 anos) quando o mesmo estava em seu cavalo na área de propriedade de um irmão. A tragédia aconteceu no km-8, lote-33 da linha-207 área rural de Ji-Paraná, próximo das 13h30.

De acordo com as informações colhidas pela guarnição comandada pelo PM Leite, Raimundo Rocha era casado, pai de três filhos e residia com a família no bairro, Jardim dos Migrantes, primeiro distrito de Ji-Paraná, mas passava a semana em um pequeno sítio na linha 207 onde ao lado é situada a propriedade de um irmão.

Moradores da região disseram aos policiais terem ouvidos um forte barulho, parecido com raio não suspeitando de nada. Próximo das 13h30 crianças que estava brincando nas proximidades do sitio acabaram encontrando o corpo de Raimundo Rocha caído com fortes marcas de queimaduras e ao lado o cavalo que o mesmo estava no momento em que foi atingido pelo radio.

O fato primeiro foi informado ao Corpo de Bombeiros, mas como se tratava de acidente com morte o fato foi comunicado a Polícia Militar, que por sua vez, acionou a Polícia Técnica. Após o trabalho do perito, Antônio Marco o corpo foi liberado para a funerária de plantão e familiares para providenciar o serviço fúnebre. O fato foi registrado na 1ª delegacia de Polícia Civil.


sábado, 30 de outubro de 2010

Cemig alerta para incidência de raios no período chuvoso

Fonte: noh - Agencia Minas

A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) alerta à população para a maior incidência de raios no Estado em virtude das chuvas. Este ano, em Minas Gerais, o início do período chuvoso, que começou em meados de setembro e segue até março, é marcado por aumento na incidência de raios, em relação ao mesmo período do ano passado. Em setembro deste ano, foram registrados 18.759 raios contra 13.412 em 2009, o que representa um aumento de cerca de 40%.

Em setembro deste ano, foram registrados 18.759 raios contra 13.412 em 2009. Foto: Divulgação/Cemig

De acordo com Carlos Wagner Coelho, técnico em planejamento hidroenergético da Cemig, esse aumento no número de raios está relacionado à maior quantidade de chuvas no mês de setembro, situação diferente do ocorrido no ano passado em que as chuvas começaram em outubro.

Dentro da área monitorada pela Cemig, compreendida pelas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país, Minas Gerais está entre os estados que recebem maior incidência de descargas atmosféricas. Segundo Carlos Wagner Coelho, a alta incidência de raios em Minas se dá em virtude do posicionamento geográfico do Estado. “Estamos numa faixa de transição que sofre influência de frentes frias, de linhas de instabilidade e de Zonas de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS), e, tudo isso, colabora para que Minas Gerais receba maior quantidade de raios”, afirma.

No primeiro semestre de 2009, foram contabilizadas 738.875 descargas atmosféricas no Estado, enquanto no primeiro semestre deste ano somaram-se 263.363, redução de aproximadamente 65%. Essa redução, explica Carlos Wagner, se deu pelo fato de o período chuvoso do primeiro semestre de 2010 ter sido caracterizado como anômalo, pois as chuvas foram abaixo da média.

Na capital mineira, até setembro deste ano, foram registrados 356 raios. As cidades de Uberaba, assim como no ano passado, e João Pinheiro, são as que, até o mês passado, registraram maior incidência de raios.

Proteção

Aparelhos eletrônicos não são as únicas vítimas de uma tempestade com raios. O consumidor também deve estar atento para não ser atingido diretamente por descargas atmosféricas, procurando se abrigar durante as chuvas e mantendo-se distante de árvores ou grades metálicas.

A Cemig protege seu sistema elétrico por meio de para-raios de baixa e média tensão, instalados em todos os transformadores da rede de distribuição. Porém as sobretensões na rede, provocadas por raios, podem incidir diretamente próximo às ou nas próprias instalações dos consumidores ou, ainda, penetrar por outras vias que não a rede elétrica. Dessa forma, a Cemig recomenda que os consumidores também tomem medidas para proteger suas instalações.

De acordo com o engenheiro de operação da Cemig, Marcos Vinicius Carneiro, o consumidor pode se prevenir instalando equipamentos como para-raios, mas ele recomenda uma medida mais eficiente e econômica para evitar prejuízos: desligar da tomada os equipamentos eletrônicos mais sensíveis, como televisores e aparelhos de DVD. “Após o fim das descargas atmosféricas, que geralmente não duram muito tempo, o consumidor pode ligar os aparelhos novamente”, esclarece.

Sempre que houver suspeita de que os danos a um equipamento tenham sido provocados por raios que atingiram a rede elétrica da Cemig, o consumidor deve procurar, primeiramente, o atendimento do Fale com a Cemig, pelo telefone 116, para solicitar a análise de ressarcimento.



sexta-feira, 29 de outubro de 2010

RAIO ATINGE DUAS RESIDÊNCIAS NO INTERIOR

Fonte: Plenário a notícia agora. Da redação do Programa Comando Geral - Sergipe

Duas residências foram atingidas por raios no Interior do Estado na noite desta quinta-feira (28). O primeiro fato aconteceu no município de Pinhão, quando a família de Joelma da Costa teve um susto, quando um raio atingiu a sua residência, chegando a queimar o sofá.

Uma outra ocorrência foi presenciada no município de Itabaiana por volta das 21h20 também da noite de ontem (28). Segundo informações do proprietário da residência, Francisco José, o fato aconteceu no momento em que o mesmo se dirigiu até um dos cômodos da residência e após se encostar na porta da cozinha foi surpreendido por um raio que destelhou parte de sua casa.

Devido ao alerta da chegada de uma forte frente fria ao estado neste final de semana, os moradores do interior do estado estão sobre alerta, para se evitar uma possível fatalidade.



sábado, 23 de outubro de 2010

Homem morre após ser atingido por raio na Bahia

fonte: Portal Terra

O lavrador José Pereira de Jesus, 37 anos, morreu após ser atingido por um raio em uma fazenda localizada na zona rural de São Desidério, a 705 km de Salvador. O corpo dele foi enterrado nesta quinta-feira.
De acordo com familiares, ele estava em casa e, ao perceber que a chuva se aproximava, foi ao campo em busca de uma lona. Ao se abrigar sob uma árvore quando começou a chover, José foi atingido pelo raio e morreu na hora.

Menino de 12 anos morre após ser atingido por raio no Pará

fonte: O Globo

BELÉM - Um menino de 12 anos morreu, na tarde desta sexta-feira, após ser atingido por um raio no município de Parauapebas, sudeste paraense. Ele jogava bola em um campo de terra, na periferia da cidade, durante um forte temporal. Segundo informações do Hospital Municipal, ele ainda chegou consciente na emergência, mas não resistiu.

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Mulher é atingida por raio ao andar de bicicleta no interior de MT e morre

Fonte: Olhar Direto - Redação - Julia Munhoz

Uma mulher morreu nesta quinta-feira (21) após ter sido atingida por um raio durante uma ventania na cidade de Campo Verde (138 km de Cuiabá). Elza Camargo de Souza Miranda, 37 anos, chegou a ser socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas não resistiu e morreu.

Ela estava de bicicleta em uma avenida próxima à empresa Bunge Alimentos S/A quando foi atingida pelo raio e faleceu. Segundo a Defesa Civil, a chance de uma pessoa ser atingida por um raio é algo em torno de uma em um milhão.

Além de morte instantânea, a corrente do raio pode causar sérias queimaduras e outros danos ao coração, pulmões, sistema nervoso central e outras partes do corpo, através do aquecimento e uma variedade de reações eletroquímicas.

Cerca de 20 a 30% das vítimas de raios morrem, a maioria delas por parada cardíaca e respiratória, e cerca de 70% dos sobreviventes sofrem devido às sérias seqüelas psicológicas e orgânicas, por um longo tempo.

sábado, 9 de outubro de 2010

ES: queda de raio prejudica apuração no Estado

Fonte: ALEX CAVALCANTI - Terra notícias - Direto de Vitória

A queda de um raio sobre a rede de transmissão de dados de telefonia no município de Viana, na região metropolitana de Vitória, impediu o Estado do Espírito Santo de ser o primeiro do País a concluir a apuração de todas as seções. O Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo (TRE-ES) concluiu a apuração das 7.429 seções às 21h19. A apuração poderia ter sido ainda mais rápida, não fosse um incidente que causou atrasos na transmissão dos dados do município de Viana, na região metropolitana. Por conta da descarga elétrica que atingiu a rede de dados, os disquetes das 126 urnas do município tiveram que ser transportados até a capital.

Apenas uma hora e meia depois do início da apuração das eleições no estado, o senador Renato Casagrande (PSB), já era o governador matematicamente eleito. Às 18h28, com 1.243.178 votos e 79,27% das urnas apuradas, o candidato socialista tinha 82,32% dos votos válidos. Ao final da apuração, Casagrande se elegeu governador do Estado, em primeiro turno, com 1.502.070 votos, o equivalente a 82,30% dos votos válidos. Luiz Paulo Vellozo Lucas (PSDB) ficou em segundo, com 282.910 votos, 15,50% dos votos válidos. Brice Bragato, do PSOL, teve 38.177 (2,09%) e Gilberto Caregnato (PRTB), ficou em último, com 1.935 (0,11%).

Segundo o presidente do TRE-ES, desembargador Pedro Valls Feu Rosa, a qualidade da informação, a transparência e a eficiência do processo eleitoral são a prioridade da Justiça, mas ser um dos primeiros Estados a concluir os trabalhos é também uma satisfação. "Foi um trabalho muito intenso de planejamento e treinamento, para conseguirmos esse resultado. E só não terminamos antes porque tivemos um evento natural, que prejudicou a apuração em Viana", afirmou o presidente do TRE-ES.

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Homem que falava ao celular morre atingido por raio em Bauru, SP

Fonte: TV TEM

SÃO PAULO - Um temporal atingiu várias cidades da região Centro-Oeste Paulista nesta quinta, à tarde, provocou transtornos e pode ter causado uma morte. Em Bauru, um rapaz de 21 anos, que falava ao celular, foi atingido por uma descarga elétrica e morreu. Luís Carlos de Almeida Santos, chegou a ser socorrido, mas não resistiu.

Ele deu entrada no Instituto Médico Legal, com queimaduras na pele e na cabeça. O aparelho de celular que ele usava ficou destruído. A causa da morte será investigada.

Na região, os meteorologistas não sabem exatamente quantos raios caíram. O que eles têm é o registro de milhares de descargas que atingiram praticamente todo o estado de São Paulo e também os estados vizinhos. São cerca de vinte mil raios entre quarta e quinta-feira. Segundo os meteorologistas, o fenômeno é comum nesta época do ano.

sábado, 2 de outubro de 2010

Vinte touros morrem por descarga elétrica no Triângulo Mineiro

Fonte: G1-MG

Animais estavam debaixo de uma árvore para se protegerem da chuva. Três foram arremessados em um rio próximo ao local.


Vinte touros da raça Nelore morreram, nesta terça-feira (28), depois de serem atingidos por uma descarga elétrica durante um temporal, em Uberaba, no Triângulo Mineiro. Na região, em menos de 12 horas, foram registradas 1.600 descargas atmosféricas.


Reprodução TV Globo

Os animais estavam debaixo de uma árvore para se protegerem da chuva. Com a força da descarga elétrica, três touros foram arremessados em um rio próximo ao local em que estavam.

Segundo a TV Integração, cada touro estava avaliado em cerca de R$ 5 mil.




sexta-feira, 1 de outubro de 2010

SP registra 5.851 raios em um único dia

Fonte: G1 - SP

Número de descargas elétricas foi registrado terça (28) pelo Inpe.
Incidência do fenômeno aumenta no período chuvoso.



Pelo menos 5.851 raios caíram em todo estado de São Paulo apenas nesta terça-feira (28). Já o número de mortos por causa de descargas elétricas, em 2010, chega a oito. As informações foram dadas nesta quarta-feita (29) pelo Grupo de Eletricidade Atmosférica (Elat) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

Um homem de 42 anos morreu quando estava ao telefone e recebeu uma descarga elétrica, em Suzanópolis, no interior de São Paulo, nesta segunda-feira (27). Ele chegou a ser socorrido, mas morreu a caminho do hospital.

A forte chuva que atingiu algumas cidades do interior nesta terça causou estragos. Em Presidente Epitácio, a 645 km da capital paulista, as ruas ficaram alagadas. Um motorista ficou preso na enchente. Também houve chuva de granizo. O temporal durou apenas dez minutos, mas foi suficiente para derrubar arvores e destelhar casas.

Em Presidente Prudente, a 558 km de São Paulo, uma creche ficou alagada e as crianças tiveram que voltar para casa. A chuva em Tanabi, a 478 km da capital paulista, derrubou parte do teto da Justiça do Trabalho e 26 audiências foram canceladas. Em Mirandópolis, a 594 km de São Paulo, a chuva e o vento dificultaram o transito na Rodovia Marechal Rondon. Dezenas de árvores caíram na pista e os motoristas tiveram que redobrar a atenção para evitar acidentes.

O Brasil é o país com a maior incidência de raios do mundo. Entre 2000 e 2009, 1.321 pessoas morreram atingidas por raios no país e a média é de 132 mortes por ano. O Sudeste foi a região onde mais pessoas morreram neste período (29%), seguido pelo Centro-Oeste (19%), Norte (17%), Nordeste (18%) e Sul (17%). A maior parte das mortes ocorre na zona rural com 61%, contra 26% na zona urbana, 8% no litoral e 5% em rodovias. Segundo o Elat, a quantidade aumenta com o período chuvoso, entre a primavera e o verão, ou seja, de setembro a fevereiro.

Inpe aponta 30 mortes causadas por raios no Brasil neste ano

Fonte: Portal Terra

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) informou ter registrado 30 mortes de pessoas atingidas por raios no Brasil em 2010. O Estado que lidera o número de óbitos é São Paulo, com oito pessoas. Em seguida, com três mortes, estão os Estados do Rio Grande do Sul, Pernambuco, Minas Gerais, e Amazonas. Os dados são do Grupo de Eletricidade Atmosférica (Elat).

De acordo com informações do Elat, 57% dos casos aconteceram no verão, o que representa 17 mortes. O outono é o segundo período em que houve mais mortes por descargas elétricas, com 23% (sete mortes).

O Sudeste obteve 37% das ocorrências por raios e o Nordeste 27%. Os dados do Grupo de Eletricidade Atmosférica também apontaram que em 93% dos casos as vítimas eram do sexo masculino, o que representa 28 das 30 mortes do ano de 2010.

Índio morre carbonizado após ser atingido por raio em Mato Grosso do Sul

fonte: Jornal Pequeno - on line.

O índio José Arce, 45, morreu carbonizado após um raio atingir sua casa na Aldeia Lima Campo, a 60 Km de Ponta Porã (MS), no domingo (26). A mulher dele ficou ferida. A Defesa Civil do Estado calcula que 2.000 pessoas foram afetadas ou tiveram prejuízos por causa da forte chuva que atingiu a região ontem.

Esta foi a quarta morte em Ponta Porã, em 11 anos, segundo o Elat (Grupo de Eletricidade Atmosférica), ligado ao Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais). No último dia 26, até as 18h30, caíram 354 raios no município --um número considerado médio em dias de tempestade. No Estado do Mato Grosso do Sul, foram registrados 10.108 raios.

Segundo o Elat, a probabilidade anual de uma pessoa morrer atingida por um raio é de 4,3 por um milhão.

De acordo com o Inmet, Campo Grande (MS) registrou um volume de 46 milímetros de chuva, durante quatro horas. Em Ponta Porã, cerca de 111 milímetros foram acumulados durante o dia. Não chovia na região há mais de dois meses e o temporal era esperado desde a última quinta-feira (23).

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Queda de raio causa pane e para metrô por 20 minutos na Zona Sul

Fonte: G1

Tráfego foi interrompido entre as estações São Judas e Jabaquara.
Movimento foi retomado gradativamente a partir das 13h57.

A queda de um raio sobre os trilhos do pátio Jabaquara do Metrô, na Zona Sul de São Paulo, provocou a interrupção da circulação de trens entre as estações São Judas e Jabaquara por vinte minutos, das 13h37 às 13h57. Segundo o Metrô, a circulação foi normalizada gradativamente.

São Judas, Conceição e Jabaquara são as três paradas finais da Linha 1-Azul. A linha liga as zonas Sul e Norte da cidade e tem movimento de 59 mil passageiros por hora em cada sentido. Embora parte da linha 1 seja subterrânea, no pátio Jabaquara as manobras ocorrem a céu aberto.

Clima via Satélite